Bebinca de chocolate

Bebinca de chocolate

Hoje voltamos à rubrica Cozinha do Mundo, com uma adaptação da sobremesa indo-portuguesa bebinca – bebinca de chocolate.

Esta sobremesa de Goa, também chamada bibik, fica a meio caminho entre um bolo e um pudim e tem, na sua versão tradicional, 7 camadas. Este último facto faz desta uma receita trabalhosa, sendo reservada para épocas festivas e ocasiões especiais.

A minha primeira tentativa ocorreu em Agosto de 2015 e, sendo uma primeira vez, segui mais ou menos a receita. No entanto, apesar de gostosa e de sabor semelhante à original, ficou cozida demais, como se fosse um bolo.

Bebinca - primeira tentativa

Desta vez, quis dar um cunho pessoal à receita, adicionando chocolate a metade da massa, em vez do tradicional caramelo, daí resultando algo a que chamei bebinca de chocolate.

Ingredientes:

(massas)

150g de farinha

6 gemas

400 ml de leite de coco

50g de chocolate em pó

50g de açúcar

(recheio)

manteiga q.b.

canela

 

Preparação:

1 – Logo no 1º passo começamos a preparar as 2 massas em separado, juntado o açúcar a metade das gemas e o chocolate em pó à outra metade. Ambas as misturas devem ser batidas até crescerem o mais possível, o que será o dobro no caso da mistura com açúcar mas menos que isso no caso da mistura com chocolate em pó.

2 – Em seguida, finalizamos a preparação das massas, juntando metade da farinha e metade do leite de coco a cada uma das massas, envolvendo estes dois ingredientes sem batedeira.

3 – Enquanto o forno aquece até aos 180ºC, preparamos o recheio, a barrar entre as camadas de massa. Como base, misturo habitualmente apenas manteiga a cerca de 30ºC (ou seja, muito mole mas não completamente derretida) e canela. No entanto, às vezes adiciono coco ralado ou outros ingredientes que ajudem a evidenciar a separação entre as camadas.

4 – A partir daqui, temos a parte mais fácil, mas mais trabalhosa. Alternadamente, cozemos meia concha (para uma forma pequena) de cada uma das massas, até criar uma crosta dura o suficiente para a barrar com o recheio.

Bebinca - primeira camada

5 – Finalmente, repetimos o passo anterior até esgotarmos as massas. Se se esquecerem de separar as massas, como me aconteceu na figura abaixo, obterão uma versão em que todas as camadas têm o mesmo aspeto. Neste caso teria sido preferível cozer a massa toda de uma só vez, pois não se conseguem distinguir as camadas.

Bebinca só de chocolate

2 thoughts on “Bebinca de chocolate

Se tens algo a acrescentar ou gostaste deste artigo, comenta!