Dia do coco

Dia do coco
Chamei Dia do coco à experiência de ontem, que consistiu em obter alguns dos derivados de coco mais usados no dia a dia, como por exemplo óleo de coco ou coco ralado. Venham ver como correu…

Desta vez utilizei um coco fresco, mas não dos verdes. Talvez numa próxima…

Ingredientes:

coco

Preparação:

1 – Antes de partir o coco é necessário extrair a sua água, de forma a não perder a mesma ao abri-lo. Uma das formas de o fazer, é furar um dos olhos (círculos mais escuros e moles no topo do fruto) do coco e verter o líquido através desse orifício.
2 – De seguida, partimos o coco (com um cutelo ou martelo) e separamos a sua casca exterior, mais dura, da sua casca interior, que mais parece uma pele. E assim obtemos os nossos primeiros 2 ingredientes – água de coco e coco.

coco-agua-casca

3 – Antes de obtermos os restantes ingredientes, é necessário descascar o coco, separando-o da sua pele, como se tratasse de uma maçã ou um outro fruto semelhante.

coco-descascado

4 – Em seguida, utilizando um processador de comida, trituramos este coco sem casca e a respetiva água de coco. E desta mistura iremos obter coco ralado e leite de coco.

5 – O leite de coco é obtido imediatamente, coando a mistura anterior através de um pano de malha fina e reservado no frigorífico, de forma a durar mais tempo.

6 – O coco ralado irá demorar um pouco mais tempo, pois, após separá-lo do leite de coco, ainda teremos de o espalhar sobre um prato raso ou tábua de cozinha e secá-lo durante umas horas até darmos este ingrediente como concluído.

coco-ralado-leite

7 – Após deixar o leite de coco no frigorífico durante umas horas, iremos fritar a sua parte sólida, de forma a obter óleo de coco. Este óleo é obtido ao provocar a evaporação total da água do leite de coco, seguida de uma separação dos fragmentos que ainda existirem após este processo.
Nota: O óleo de coco só ficará totalmente pronto quando já não existirem fragmentos de coco na frigideira com uma coloração branca. Estes deverão apresentar uma coloração acastanhada, sinal da sua desidratação total.

coco-oleo

8 – Após algumas horas sujeito a temperaturas abaixo dos 20-25º C, o óleo de coco, tal como o leite, solidifica e obtemos então o último ingrediente deste Dia do coco.

oleo-coco
Óleo de coco, líquido à esquerda e sólido à direita


Inspiração:
 Este dia do coco foi inspirado por uma outra experiência, do mesmo género, realizada  em 2013, pelo blog de receitas saudáveis Joana Banana.

 

2 thoughts on “Dia do coco

Se tens algo a acrescentar ou gostaste deste artigo, comenta!